Tribo

classificados

governo

  • PUBLICIDADE:
  • MinasNet
  • Bolo Bom
  • Supermoda
  • HÁBYTO
  • Oficina do Smartphone
  • Pet Charm

MinasNet

comercial-bolo-bom

supermodanovo

Hábyto

banner site lagarto2.1

pet

13 de setembro de 2017 - 05:00, por Thiago Farias

Licitação dos boxes de carne é marcada pela baixa adesão dos marchantes

Portal Lagarto Notícias

O primeiro dia de recebimento de propostas para a concessão dos boxes de carnes bovina e caprina, localizados no Mercado Municipal José Correa Sobrinho,  foi marcada pela baixa adesão dos marchantes. De acordo com Flamarion Déda, secretário Municipal da Agricultura e Meio Ambiente, apenas 24 pessoas apresentaram suas propostas para concorrer a um dos 135 espaços disponíveis.

“A gente compreende que foi positiva a adesão, apesar da quantidade ser um número ainda pequeno, pois apenas 24 pessoas participaram de uma oferta de 135 boxes, mas isso foi por conta de um processo político municipal que dificultou a adesão dos marchantes ao processo”, argumentou o secretário.

Os vencedores da licitação terão 30 dias para equiparem suas bancas com balança, freezer e serra

Os vencedores da licitação terão 30 dias para equiparem suas bancas com balança, freezer e serra

Mas segundo Paulo Alves, presidente da Associação dos Feirantes do Município de Lagarto (AFML), o número de propostas apresentadas apenas refletiu a insatisfação dos marchantes com os preços e a taxa de manutenção do mercado, que varia entre R$ 270,00 e R$ 400,00.

“Além da nossa despesa, também teremos que pagar essa taxa de manutenção, a câmara frigorífica, água e energia. Então se formos somar tudo, teremos uma despesa mensal em torno de R$ 1 mil. Por isso, assim como muitos, eu também não participei do processo”, justificou Alves ao informar que alguns marchantes estão se articulando para montar o seu próprio frigorífico.

A medida tomada por alguns feirantes em abrir o seu próprio frigorífico, ocorre devido a impossibilidade da redução dos valores de concessão em uma nova chamada para a licitação dos espaços. De acordo com o secretário municipal da agricultura, a redução dos citados valores somente seria possível por intermédio do poder judiciário.

Abertura do mercado pode demorar mais que o esperado

A Prefeitura Municipal de Lagarto espera colocar o Mercado Municipal José Corrêa Sobrinho em funcionamento em até 60 dias, mas este prazo pode ser prorrogado se intervenções jurídicas ocorrerem, a exemplo daquelas petições requerendo a suspensão do edital de licitação, sob a tese de que há irregularidades.

Flamarion acredita que todo o processo ocorrerá sem intervenções

Flamarion acredita que todo o processo ocorrerá sem intervenções

“Acreditamos que o processo está ocorrendo de forma transparente e lícita, quem passou por aqui viu como ocorre o processo”, pontuou o secretário Flamarion Déda ao lembrar que o poder judiciário já poderia ter feito as suas intervenções em caso de irregularidades.

Prefeitura espera arrecadar R$ 3 milhões

Ainda em entrevista ao Portal Lagarto Notícias, Flamarion Déda informou que o poder executivo lagartense espera arrecadar R$ 3 milhões para aplicar tal quantia na resolução de problemas ligados a comercialização de carnes e miúdos no município.

 

Inaugurado em dezembro de 2016, Mercado Municipal ainda permanece de portas fechadas

Inaugurado em dezembro de 2016, Mercado Municipal ainda permanece de portas fechadas

 

 

 

 

Voltar ao topo

Lagarto Notícias © 2017

Todos os direitos reservados

Efeito X